O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

O Todesca está na janela apreciando a paisagem...

Expresso do Oriente

Expresso do Oriente

Todos a bordo

Todos a bordo

Restauração e colorização de fotografias.

Restauração e colorização de fotografias.
Caros amigos sem véus e com véus. Com muito gozo divulgo os valiosos préstimos profissionais do meu estimado amigo Reinaldo Elias, que tornou-se um tarimbado especialista em restauração e colorização de fotografias. Pelo criterioso trabalho, que envolve pesquisa e arte os preços cobrados pela restauração e colorização são módicos. Para solicitarem os valiosos préstimos profissionais entrem em contato com o meu querido amigo através do endereço eletrônico: rjelias200@yahoo.com.br Meus outonais olhos estão em água ao lembrar do já distante ano de 1962, quando minha amada e saudosa mãe me levou a uma filial das Casas Pirani, que ficava na Avenida Celso Garcia, para que seu bebezinho nº 6 fosse eternizado nesta fotografia. Embarcamos num trem de subúrbio, um reluzente trem prateado, na Estação de Santo André e desembarcamos na Estação paulistana do Brás. Lembro como se fosse hoje que levei um beliscão da minha genitora, porque eu queria a todo custo embarcar num bonde para chegar as Casas Pirani. Como eram poucas quadras de distância fomos caminhando até o paraíso do consumo. Saudades das Casas Pirani... Ontem, contei ao meu dileto amigo Gilberto Calixto Rios da minha frustração de nunca ter embarcado num bonde paulistano, que para o meu profundo desencanto teve a última linha desativada no ano de 1968, quando estávamos no auge dos nefastos e malditos anos de chumbo. No ano que fui eternizado nesta fotografia fazia sucesso estrondoso na fascinante Arte das Imagens em Movimento a película "Rome Adventure", aqui intitulada "Candelabro Italiano": https://www.youtube.com/watch?v=yLqfxLPga2E que assisti no extinto Cine Carlos Gomes, na condição de vela zeloso das minhas amadas irmãs mais velhas, a Dirce Zaqueu, Jô Oliveira e Maria Inês. Também no ano de 1962 minha diletíssima e saudosa cantora Maysa (1936-1977) deixava sua legião de fãs enternecida com a canção: https://www.youtube.com/watch?v=BeJHOAbkJcg Mãe, sempre te amei, amo e amarei. Saudades... Saudades... Saudades... Caloroso abraço. Saudações emocionadas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo. PS - Apesar dos pesares acho que continuo um petiz sonhador e esperançoso de um novo dia aos moldes da inesquecível personagem Scarlett O' Hara... Max, traga meus sais centuplicado.

Miniconto

Miniconto
Depois que minha neta me eternizou nesta fotografia o telefone tocou. Ao atender a ligação fiquei aterrorizado ao reconhecer a voz de Hades...

Mimo da Monika

Mimo da Monika
O que nos espera na próxima estação?

A viagem continua

A viagem continua
O quie nos espera na próxima estação?

Lambisgoia da Agrado

Lambisgoia da Agrado
Caros confrades/passageiros sem véus e com véus. A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, me surpreendeu porque não a vi trepar (nem preciso dizer que ela adora o outro significado deste verbo principalmente no presente do indicativo) no topo da locomotiva para se exibir e me ofuscar. Caloroso abraço. Saudações exibidas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços e com muita imaginação.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.br
Caros confrades passageiros. O pertinaz duende Himineu, que trabalha - com muito afinco para o Todesca - captou e eternizou o momento que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, estava reflexiva a apreciar a paisagem no vagão restaurante do Expresso do Oriente sob meu comando. Caloroso braço. Saudações reflexivas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r

Fonte: arqtodesca.blogspot.com.r
Todos a bordo... A viagem continua...

Blogs todeschinianos

Blogs todeschinianos
Fonte: arqtodescadois.blogspot.com.br "Sonhei que o vagão joaopauloinquiridor.blogspot.com havia caído de uma ponte que ruíra... Mas, foi só um pesadelo..." Caros confrades/passageiros! Não me canso de divulgar os imperdíveis blogs do Todesca: arqtodesca.blogspot.com.br arqtodescadois.blogspot.com.br que são Oásis num deserto de alienação cibernética. É louvável a pertinácia deste notável, tarimbado e erudito ser vivente, que brinda seus felizardos leitores com ecléticas publicações que deixam patente sua vasta erudição e bem viver. Caloroso abraço. Saudações todeschinianas. Até breve... João Paulo de Oliveira Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Continuo a espera de Godot...

Continuo a espera de Godot...
Saudações dionísicas.

Saudações leitoras.

Saudações leitoras.

Seguidores

sábado, 30 de dezembro de 2017

Divagações

             Foto: Gilberto Calixto Rios
Cemitério santista Paquetá.

JP - Estátua sepulcral, o que nos espera no ano de 2018?
Estátua sepulcral - Uma polarização exacerbadíssima entre extrema-direita e extrema-esquerda.
JP - Como separar o joio do trigo, depois que o Haddad apertou a mão do Maluf, na eleição anterior e o condenado, depois de esgotar todos os recursos judiciais no Supremo Tribunal Federal, está encarcerado?
Estátua Sepulcral - A política.
Max...

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Puritanismo

Caros confrades passageiros.
A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que o jornalista que escreveu esta matéria tinha uma garçonnière em frente da praia do Gonazaga, apesar de ter sido Congregado Mariano.
Ele tinha duas amantes, a Guadalupe e a Soledade e também tinha tarqa pelos focas do periódico A Tribuna.
Também era Católico Apostólico Romano e frequentava a Basílica Menor de Santo Antônio do Embaré.
Sua esposa era amante do editor chefe do periódico que ele trabalhava.
Enfim, o jornalista era um pseudo moralista, e dissimulado.
Ele partiu de maneira compelida no expresso da eternidade, no dia 28 de março de 1971.
Seus despojos mortais estão no Sepulcrário Paquetá.
Caloroso abraço. Saudações reveladas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

PS - Infelizmente não é possível ler a reportagem, mas o título deixa patente do que se trata.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Cartunista Angeli

Caros confrades memorialistas.
Ontem, às 18h30, enviei a missiva ao periódico Folha de S. Paulo, para externar o apreço que tenho pelo cartunista Angeli, que foi criticado por dois leitores, que consideram o Quadrinho, de sua lavra, impróprio para petizes.
Para minha grata surpresa a Dona Folha publicou minha missiva, na edição do dia em curso.
Caloroso abraço. Saudações antirranços.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Cesta de Natal Amaral

Caros confrades passageiros.
Que saudades das Cestas de Natal Amaral, que minha saudosa mãe, a Sra. Matilde Pinheiro de Oliveira (1923-2008) adquiria e pagava a prestações (que apertava aqui e ali o orçamento de uma família, que tinha como provedor um pertinaz taxista, meu saudoso pai, o Sr. Benedito de Oliveira (1919-1997)), durante o ano todo... 
Que deleite inefável lembrar destas Cestas, que me deixava encantado ao abrir e me deparar com os pertences que estavam bem distante de uma cesta luxuosa, bem como de uma cesta parcimônica.
Acho que nem  preciso dizer que ficava com comichão para tomar posse do Gigante Amaral.
Saudades da minha mãe, do pimentão recheado com carne moída, do macarrão gravatinha, dos volumosos bifes à milanesa, dos panetones, que suas habilidosas mãos tornavam apetitosos, do seu imenso amor...

Mãe, sempre te amei, amo e amarei.
Seu filhinho desolado e desamparado.
Afetuoso abraço. Saudações amorosas saudosas.

Até breve (infelizmente este auspicioso fato jamais tornar-se-á realidade).
João Paulo de Oliveira

Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

domingo, 24 de dezembro de 2017

Praça revitalizada

Caros confrades passageiros.
Por Chronos, como o tempo urge!
Parece que foi ontem que eu era regido do I.E.E. João Ramalho, que por coincidência era meu distante ascendente. 
Ele nasceu em Vouzela em 1593 e partiu de maneira compelida na carruagem da eternidade em 1580, na então Vila de São Paulo de Piratininga. Meu distante ascendente foi degredado do reino distante além-mar e nunca mais viu a esposa e filhos. Aqui teve numerosa prole com muitas nativas. Sou descendente dele com a nativa Bartira. Ele fundou no dia 8 de abril de 1553 a Vila de Santo André da Borda do Campo, que foi extinta alguns anos depois e seus habitantes mudaram para a Vila de São Paulo de Piratininga, fundada no dia 25 de janeiro de 1554.
Caloroso abraço. Saudações memorialistas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

sábado, 23 de dezembro de 2017

Ação solidária

Caros confrades passageiros.
Com muita satisfação divulgo esta auspiciosa notícia de uma ação solidária, publicada na edição do dia em curso, no periódico Diário do Grande ABC, promovida o ano todo, que tem seu ápice com o almoço de Natal, oferecido pela valorosa Dona Cotinha, filhos e amigos voluntários.
Dona Cotinha é mãe do Ditinho da Congada, que é patrimônio imaterial "batateiro" ( forma carinhosa de chamar os habitantes do município de São Bernardo do Campo).
Que refrigério saber que existem pessoas solidárias, como a família da Dona Cotinha, que tem como condição "sine qua non" o ser em detrimento do ter.
Vida longa e vigorosa para a Dona Cotinha, um exemplo de pessoa iluminada, amorosa e solidária.
Caloroso abraço. Saudações solidárias.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Inauguração da revitalização da Praça Lauro Gomes

Caros confrades passageiros.
Espero que a manutenção da revitalizada Praça Lauro Gomes seja contínua.
Caloroso abraço. Saudações revitalizadas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

A fascinante arte das imagens em movimento

Caros confrades passageiros.
O que seria da minha existência sem as películas.
Max...
Caloroso abraço. Saudações cinéfilas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Bernardo Felipe de Oliveira Pereira

Caros confrades passageiros.
Como sempre digo, as competências leitora e escritora - preferencialmente - devem ser instigadas no âmbito familiar.
Meu amado neto caçula, o Bernardo Felipe de Oliveira Pereira, está na fase da garatuja, sempre instigado pelos avós maternos.
Ainda não dá para saber se ele escreverá com a mão direita ou esquerda.
Espero que ele seja canhoto, como o avô, bem como autêntico e não rançoso.
O Bernardo Felipe me dá esperança de ser lembrado no século XXII.
Caloroso abraço. Saudações esperançosas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

domingo, 17 de dezembro de 2017

José Simão é o maioral!

Caros confrades passageiros.
Sou seu fã de carteirinha do José Simão.!
A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que já sabia do sigilo do senhor das trevas.
Max...
Caloroso abraço. Saudações simãonetes.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

sábado, 16 de dezembro de 2017

Conselho do Patrimônio de Diadema

Caros confrades passageiros.
A última reunião do ano do Conselho do Patrimônio de Diadema, ocorrida ontem, foi auspiciosa .
O Secretário de Cultura de Diadema, Eduardo Minas, compareceu quase no final da reunião, para prestar contas de sua gestão e se comprometeu a articular ações para que a casa do saudoso casal Silvia/Evandro Caiaffa Esquível, utilizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, de uma maneira que está a descaracterizar o que está no rol dos bens patrimoniais de interesse histórico, paisagístico e cultural, para fins de tombamento.
Aproveitei a presença do Secretário de Cultura para deixá-lo ciente que a Secretária de Cultura de Mauá, Cláudia Crepalid, participa ativamente - de maneira integral - das reuniões do Conselho do Patrimônio de Mauá, bem como não esmorece em agilizar ações para a preservação de bens patrimoniais de Mauá.
Caloroso abraço. Saudações patrimonialistas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

David Cardoso

Caros confrades passageiros.
A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê disse que, quase teve um faniquito, quando viu a fotografia do ator David Cardoso, publicada hoje, na Dona Folha, na coluna da Mônica Bergamo.
Ela também disse que sua tia-avó materna, a Violeta, contracenou com ele em peliculas de pornochanchadas, nos anos setenta e que as cenas de fornicação eram...
Por Chronos, como o tempo urge e é inexorável.
Max...
Caloroso abraço. Saudações inexoráveis.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Missiva publicada em periódicos

Caros confrades passageiros.
Enviei uma missiva, com o mesmo teor, para os periódicos Folha de S Paulo e Diário do Grande ABC.
A Dona Folha publicou, na edição de ontem, o DGABC, na edição do dia em curso. O DGABC publicou a missiva com poucas alterações. A Dona Folha fez um copidesque deixando-a mais enxuta, sem alterar meu sentimento de estranheza.
Caloroso abraço. Saudações copidesques.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Ocimar Versolato

Caros confrades passageiros.
O mundo da moda perdeu um talentoso estilista.
Como disse a confrade Elvira, no ano em curso, a razia não dá trégua.
Caloroso abraço. Saudações compungidas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

Google+ Badge